Como Aumentar a Produtividade no Trabalho? 5 Truques Simples

Todos nós temos muitas coisas para fazer no trabalho. No entanto, nem sempre conseguimos realizar tudo o que havíamos planejado. Isso acontece por muitas razões. E, às vezes, a culpa é nossa – ao deixarmos o nosso tempo com coisas inúteis, ou trabalhando em tarefas nem tão principais ainda.

Ferramentas digitais são úteis para inovar e estimular a produtividade no trabalho. Como muitas são gratuitas, os resultados alcançados tendem a ter um custo-benefício vantajoso para o trabalhador ou empreendedor. No entanto, qualquer ferramenta – digital ou analógica – é inútil se não forem acompanhadas pelas habilidades.

Para ser mais produtivo é preciso alcançar seus resultados com o mínimo de recursos possível. Fazer mais com menos.

Veja abaixo listamos 5 truques fáceis de serem aplicados no dia a dia.

Lista de Como Aumentar a Produtividade no Trabalho.
Lista de Como Aumentar a Produtividade no Trabalho.

 

#1. Diminua a quantidade de coisas na sua lista

Ter 15 ou 20 itens na sua lista aumenta suas chances de se perder no meio do caminho e cumprir poucas tarefas. Eleger de três a cinco itens principais e foque suas energias neles.

#2. Fuja do “peso morto”

Se a sua empresa está implementando vários produtos, evite dedicar muito tempo àquilo que não está funcionando ou que não tem capacidade para ser o maior sucesso.

Coloque sua atenção nos produtos que funcionam. E vendem. A mesma semente vale para a vida: não diga sim para tudo. Guarde suas respostas positivas para o que pode melhorar sua carreira.

#3. O próximo passo

A melhor maneira de executar as tarefas com excelência e cumprir prazos é facilitar e entender as próximas etapas.

“Muitos gestores, por terem muita informação, confundem excesso de ferramentas com eficiência, e isso é um risco tremendo”, afirmou. “Se o gestor desenvolver o hábito de apenas pensar no próximo passo, sem dúvida irá executar projetos com excelência sempre”, garante Gama.

Existem inúmeras técnicas de gerenciamento de projetos com abordagens diferentes para cada tipo de indústria. Novos softwares prometem ajudar a turbinar a produtividade e a resolver todos os problemas. Mas, se o trabalhador ou gestor não tiver a clareza do próximo passo a ser dado em direção ao objetivo estratégico da companhia, estará desperdiçando tempo e dinheiro

#4. Técnica de Pomodoro

Bom, o Método Pomodoro constitui-se basicamente em dividir seu tempo em intervalos de 25 minutos de trabalho e 5 de descanso. E a cada 4 blocos desses, isto é, a cada 2 horas, você faz uma pausa de meio hora.

O passo a passo seria o seguinte:

  1. Faça a lista de suas tarefas do dia.
  2. Ajusta o “timer” para 25 minutos.
  3. Comece a fazer sua primeira tarefa.
  4. Assim que o timer soar, pare e descanse 5 minutos (tipo comer um lanche ou olhar o Facebook).
  5. Recomece a tarefa (se ela não terminou) ou inicie outra.
  6. Após 4 despertadas seguidas, descanse meia hora.

Pronto? Não.

Na verdade, caso alguém ligue ou apareça um e-mail ou aviso no celular durante uma tarefa, anote e não interrompa. Aí, dependendo do que for, você pode incluir na lista de tarefas ou resolver rapidamente no intervalo de meia hora (mas sem ocupá-lo por inteiro).

O segredo desse método, segundo os especialistas, é evitar que você fique estressado por falta de uma válvula de escape de vez em quando.

#5. Metodologia GTD: Gettingt Things Done

Chegamos à nossa última técnica para ajudar você a responder à enigmática pergunta: – Como aumentar minha produtividade?

Desenvolvida por David Allem, esta técnica também segue um passo a passo que, segundo seu autor, descarrega seu  HD (Hard Disk, ou Disco Rígido, em português), te deixando despreocupado com as outras atividades enquanto faz as coisas acontecerem (Getting Thing Done!):

  1. Coletar: faça sua lista de tarefas (você viu isso antes, lá no Pomodoro, lembra?). O objetivo aqui é ficar relaxado sabendo que não vai esquecer de anda.
  2. Processar: Você vai classificar suas tarefas em 7 categorias:
      1. Fazer já, pois posso fazer em 2 minutos.
      2. É uma tarefa complexa, então é um Projeto.
      3. Tem uma data? Portanto é um Compromisso.
      4. É delegável? Encaminhe e classifique como Aguardando.
      5. Pode ser feita assim que possível? Fica como Próximas Ações.
      6. Não dá para fazer agora? Faça Algum Dia.
      7. Tarefa absurda? Delete!
  3. Organizar: É só por as tarefas que sobraram na seguinte ordem de execução: Próximas Tarefas, Aguardando, Algum Dia, Projetos.
  4. Executar: Faça as coisas acontecerem!
  5. Revisar: Ao final do dia, revise e reclassifique as tarefas e veja se surgiram novas.

Gostou das dicas elencadas aqui? Deixe seu comentário e sugestão. Compartilhe este artigo. Boa leitura e até o próximo texto com dicas igualmente interessantes para você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s